Um dos segredos para uma venda segura e eficaz de um imóvel é a agilidade na apresentação dos documentos.

 

No processo de negociação,  é necessário realizar a análise da documentação, a fim de respaldar o comprador de possíveis litígios. Por isso, além dos documentos pessoais do proprietário (RG; CPF; comprovante de estado civil e de residência) é indispensável a apresentação das certidões negativas do vendedor e também certidões do imóvel.

 

A boa notícia é que a maioria dos documentos podem ser providenciados sem custos através de alguns sites e geralmente a imobiliária responsável pela intermediação da venda cuida do processo.  

 

Confira a lista completa  AQUI

 

Uma das vantagens da venda através da intermediação de uma imobiliária de confiança  é a assessoria jurídica, na Fortes Guimarães você não precisará se preocupar, há um departamento jurídico super estruturado que cuidará de todos os documentos que não possuem custos.

 

Somente as certidões que exigem taxas devem ser de responsabilidade do proprietário.

 

Portanto, quando a imobiliária te avisar que tem comprador para o seu imóvel, corra e providencie os seguintes documentos:

  • Matrícula do Imóvel (validade 30 dias);

 

  • Certidões negativas dos distribuidores forenses cíveis, executivos fiscais, falências e concordatas, período de 10 (dez) anos;

 

  • Certidões negativas dos cartórios de protesto, período de 05 (cinco) anos;

 

  • Declaração do síndico, de que não existe débito para com o condomínio.

 

Departamento Jurídico da Fortes Guimarães

Saiba os documentos necessários para vender

seu imóvel