Saiba os documentos necessários para vender

seu imóvel

Se você tem um imóvel e deseja vendê-lo, provavelmente torce para que o negócio seja concluído em um menor tempo possível. Acertei? Para isso, é preciso entender que algumas atitudes podem dificultar e até comprometer o fechamento da venda. Alguns cuidados são fundamentais, por isso vale a pena observar essas dicas que preparei:

 

  • Placas de Imobiliárias

Achar que quanto maior o número de placas de imobiliárias na fachada do imóvel mais rápido será a venda é o maior engano. As placas acumuladas na frente do imóvel e de forma desordenada além de promover a poluição visual, demonstra desespero e falta de comprometimento das imobiliárias envolvidas na venda. “Exclusividade” é a palavra chave para trazer mais comprometimento do profissional da área de vendas.

  • Apresentação do Produto

 Definir um horário para receber visita dos interessados pode evitar saias justas para as partes. A imobiliária e o proprietário devem entrar em um acordo para estabelecer os melhores dias e horários de apresentação. Isso evitará desconfortos em horário de refeições, horários de muito sol e agendamentos no imóvel sujo, no caso de imóveis ocupados. Lembre-se, a primeira impressão é a que sempre fica.

  • Preço Alto

 Muitos proprietários supervalorizam o seu imóvel. O valor justo de venda de um imóvel é aquele que tem a aceitação do mercado e não o valor emocional. Deve-se pesquisar o preço que esta sendo realmente vendido e não o que é ofertado, pois existe uma diferença entre o valor emocional do imóvel e o que é aceito pelo mercado. O consultor representado por uma imobiliária regularizada no CRECI sabe o preço que esta sendo comercializado, levando-se em conta o bairro, a idade do imóvel, o andar, a incidência solar e outros fatores que influenciam no preço final.

  • Tentar vender sozinho

 Dispensar um consultor credenciado a uma imobiliária regularizada no CRECI pode parecer uma saída fácil e econômica à primeira vista, porém o profissional do CRECI tem o conhecimento legal e jurídico para assessorar de forma segura uma transação imobiliária. A análise documental das partes, elaboração do contrato de compra e venda e o acesso aos agentes de financiamento, são alguns instrumentos valiosos e que agilizam e podem garantir uma venda segura.

  • Corretagem

Ao cadastrar o seu imóvel junto ao corretor credenciado a uma imobiliária regularizada no CRECI não se esqueça de negociar a taxa de corretagem, pois é assim que você vai ter a garantia de um bom trabalho prestado. Geralmente quando a taxa praticada no mercado não é aceita, o profissional se sente desmotivado a trabalhar a venda do imóvel.

Por fim, escolha um consultor regularizado ao CRECI, credenciado em uma imobiliária que tenha tradição na cidade que te ajudará a realizar o sonho de vender ou comprar um imóvel.

Beatriz Balau 

 

Consultora imobiliária 

 da Fortes Guimarães

CRECI  150319

 

O que não se deve fazer na hora de

vender um imóvel